Em todos os lugares do mundo existem pessoas trabalhando para transformar a comunidade em que estão inseridos. Além de criar melhores condições de vida, iniciativas deste tipo têm enorme importância econômica, social e ambiental, conceitos básicos da sustentabilidade. Com essa certeza na mente e uma câmera na mão, os cineastas Lara Jacoski e Patrick Belem têm se dedicado a registrar esses exemplos e transformá-los em vídeos-documentários. A missão atual consiste em uma viagem pela Índia atrás de 12 histórias de pessoas que estão mudando o mundo com jeitos muito diferentes. Para que este projeto vire realidade, no entanto, eles estão em busca de financiamento coletivo. O dinheiro arrecadado será usado para finalizar a edição da série audiovisual “Por dias melhores” gravada na Índia.

Esta não é primeira vez que o casal parte em busca de histórias inspiradoras. Criadores da Bem-Te-Vi Produções, eles já filmaram no Brasil, Peru, Marrocos, Londres, Bolívia, Tailândia e Camboja. Segundo eles, o foco dos trabalhos é mostrar a beleza do ser humano e do mundo, através de uma linguagem natural e uma abordagem sensível.

Índia. Foto: Divulgação
Índia. Foto: Divulgação

Toda a expedição pela Índia é feita com os menores gastos possíveis. De acordo com os cineastas, os custos para manter os dois no país oriental são de US$ 30/dia. Isso é possível graças à troca de serviços. “Nos últimos seis meses trabalhamos praticamente apenas na moeda de troca de serviços, comprovando que há a possibilidade de viver lindas experiências sem a necessidade de dinheiro”, explicaram ao CicloVivo.

"Após uma tarde de concerto em que duas vilas se reuniram para se apresentarem no deserto." - Foto: Divulgação
“Após uma tarde de concerto em que duas vilas se reuniram para se apresentarem no deserto.” – Foto: Divulgação

Segundo Lara e Patrick, a Índia foi escolhida para esta edição do “Por Dias Melhores” por suas características sociais e culturais. “Escolhemos a Índia por ser um lugar caótico, controverso e com uma mistura enorme, conhecido comumente por sua miséria. Mas, que a uma segunda vista ensinam lições a cada caminhada”.

"Durante a gravação de um filme que fizemos para a troca de estadia." - Foto: Divulgação
“Durante a gravação de um filme que fizemos para a troca de estadia.” – Foto: Divulgação
"Enquanto estávamos em uma vila remota no deserto do Rajastão, onde em todas as casas moram músicos." - Foto: Divulgação
“Enquanto estávamos em uma vila remota no deserto do Rajastão, onde em todas as casas moram músicos.” – Foto: Divulgação

A dupla vai percorrer o país mostrar os detalhes de 12 projetos diferentes. Cada uma das histórias retratará realidades culturais e sociais distinta, mas sempre como propósito de mostrar que, com atitudes simples, é possível fazer diferente em escala local e global.

precisamos de sua ajuda-19

Se você se interessou por este projeto e quer ajudar a torná-lo realidade, clique aqui, para ser um colaborador e também para conhecer cada detalhe deste trabalho.

Veja abaixo o vídeo de apresentação deste documentário e conheça a Lara e o Patrick:

Redação CicloVivo