O Instituto GPA, braço social do GPA, realiza em mais de 900 lojas do Pão de Açúcar, Extra e Assaí, o Dia de Solidariedade. Pelo quinto ano consecutivo, a iniciativa, cujo objetivo é reforçar a atuação de clientes e colaboradores como transformadores da sociedade, será realizada no dia 9 de dezembro, das 8 h às 19 h, em todo o Brasil. Para este ano, a meta é arrecadar 900 toneladas de alimentos não perecíveis.

Serão mais de 120 instituições parceiras beneficiadas, que no dia da ação convidarão os clientes a doar alimentos da cesta básica: arroz, feijão, óleo, leite em pó, açúcar, sal, enlatados (milho, ervilha, seleta e sardinha), molho de tomate, macarrão e farinhas (milho, trigo e mandioca).

“Agradecemos às pessoas que são solidárias e fazem a doação. No último ano, arrecadamos 462 kg de alimentos, que contribuíram para a continuidade do nosso trabalho, e esperamos este ano conseguir ainda mais”, afirma padre Severino, da Obra Social São Benedito, que atende 460 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, no Jaçanã, em São Paulo, participante do Dia de Solidariedade 2016.

Participam da campanha todas as lojas do Pão de Açúcar, Extra, Assaí Atacadista, Minimercado Extra e Minuto Pão de Açúcar. Ao todo, o Instituto GPA espera contar com mais de 10 mil voluntários.

Nas quatro últimas edições foram arrecadadas mais de 2.300 toneladas de alimentos, que beneficiaram mais de 1,5 milhão de pessoas. Para este ano, a expectativa do Instituto GPA é atender mais de 580 mil pessoas em todo o território nacional.

Mecânica da campanha

Nas lojas, os voluntários das instituições parceiras e os colaboradores do GPA ajudarão na sensibilização dos clientes e na organização dos alimentos doados. Todas as lojas terão os produtos participantes identificados por peças de comunicação com a identidade visual da campanha. Para cada 10 kg de alimentos arrecadados,o Instituto GPA doará mais 1 kg.

Jornalista, social media e aparelhada para gostar de passarinhos. Tem interesse por mais assuntos do que é capaz de acompanhar. Aqui escreve sobre infinitas possibilidades de tornar o mundo um pouquinho melhor.