Na última terça-feira (28), os moradores de Santa Bárbara, em Palmas (Tocantins), ganharam uma fonte de renda complementar que virá do trabalho na terra. Foram entregues 86 canteiros para o plantio de hortaliças e folhosas, que serão comercializadas na comunidade.
A chamada Horta Empreendedora foi concedida a 53 famílias do bairro. O casal Getúlio Gama de Sousa e Josélia Ferreira Fernandes Gama está ansioso para comercializar seus produtos. Nos dois canteiros que eles adquiriram dentro do projeto, é possível ver de longe que a produção de couve, alface, coentro e rúcula, deu bons resultados. “Já tenho 10 anos de experiência com o plantio e o cultivo de hortaliças, e aqui teremos também uma renda extra”, comemorou.

Frutos econômicos

Para o presidente da Associação de Moradores do setor Santa Bárbara, Sidy Messias, a horta empreendedora terá um papel importante na economia da região. “É um sonho realizado, pois aqui teremos pessoas plantando e colhendo, garantindo geração de renda para muitas famílias”.
De acordo com o titular da Seder (Secretaria de Desenvolvimento Rural) Roberto Sahium, a horta ficou orçada em R$ 47 mil, com recursos próprios do município. “É uma horta orgânica, ou seja, sem o uso de defensivos químicos, que trará segurança alimentar à comunidade e, principalmente, uma segurança econômica aos produtores”, destacou.
Foram entregues 86 canteiros para o plantio de hortaliças e folhosas, que serão comercializadas na comunidade. | Foto: Regiane Rocha
Moradora de um bairro próximo, o Santa Helena, a dona Maria Lúcia da Silva cultiva rúcula, couve, alface e cheiro verde.  “Estou plantando para o meu consumo próprio, porém temos que saber administrar, pois temos que ter cuidado com o manuseio, e também com a forma correta para adubar e regar o canteiro sem danificar as mudas”, disse.
De acordo com o diretor de Abastecimento e Comercialização das Feiras da Capital, Ruidelmar Magalhães Fontoura, os produtos da Horta Empreendedora serão comercializados no bairro.  “Estamos organizando um espaço aqui na comunidade, a Feira da Lua, onde serão comercializados os produtos aqui cultivados, sempre às quartas-feiras, das 17 às 21 horas”, revelou.
A Horta Empreendedora do Setor Santa Bárbara comporta  86 canteiros,  possui  seis reservatórios de água com capacidade de 500 litros cada,  poço semi-artesiano e cerca de arame liso.
As informações são da Prefeitura de Palmas.

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.