O Ministério Federal da Educação e Pesquisa da Alemanha (BMBF) abre inscrições para a 10ª edição do concurso Green Talents – Fórum Internacional de Projetos com Alto Potencial para o Desenvolvimento Sustentável (Green Talents – International Forum for High Potentials in Sustainable Development). Desde 2009, a iniciativa tem o objetivo de promover o intercâmbio internacional de projetos de pesquisa inovadores nas áreas da sustentabilidade e meio ambiente. Com centros de pesquisa e inovação de ponta, a Alemanha dá apoio especial a esses esforços ao intensificar a cooperação entre as mentes brilhantes mais promissoras de todo o mundo.

O prêmio contempla 25 jovens pesquisadores todos os anos. Os vencedores vêm de vários países e disciplinas científicas e são reconhecidos pela capacidade inovadora de suas iniciativas, que objetivam tornar a sociedade mais sustentável. Desde a sua criação, o prêmio reconheceu 207 jovens pesquisadores e cientistas de 57 países diferentes, devido aos seus excelentes desempenhos e contribuições para que as suas comunidades, países e sociedades sejam mais sustentáveis.

No ano passado, Kamila Pope, Mestre e Doutoranda em Direito Ambiental pela Universidade Federal de Santa Catarina, foi uma das vencedoras do concurso. Em 2016 dois jovens brasileiros, Marina Venâncio e Hani El Bizri também foram premiados (veja aqui).

Selecionados por um júri altamente qualificado de especialistas alemães, os vencedores também ganham acesso exclusivo à elite da área da pesquisa na Alemanha.

A premiação Green Talents 2018 inclui:

– Convite para visitar a Alemanha em 2018 e participar do fórum científico, com duração de duas semanas, e todas as despesas pagas.

– Durante a visita, os vencedores terão acesso a instituições de pesquisa e ciência de ponta, que oferecem visões únicas dos trabalhos desenvolvidos por elas;

– Os pesquisadores terão oportunidade para apresentar os seus trabalhos pessoalmente, por meio de reuniões individuais com os especialistas de sua escolha para discutir oportunidades futuras de pesquisa e cooperação;

– Oportunidades de networking com os demais acadêmicos na maior conferência dos Green Talents Alumni, durante a cerimônia de premiação em Berlim;

– Em 2019, estadia de pesquisa totalmente financiada, com duração de até três meses, na instituição da escolha do vencedor;

– Acesso exclusivo à Rede Green Talents, composta por alunos de diversospaíses que atuam na área de desenvolvimento sustentável.

O prazo para envio de candidaturas é 23 de maio de 2018, às 14h00 CEST (Horário da Europa Central). Mais informações disponíveis em www.greentalents.de.

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.