Por ano, mais de oito milhões de toneladas de plástico chegam aos oceanos. Cerca de 90% de todo o lixo flutuando nos oceanos são plásticos e, até 2050, 99% das aves marinhas terão ingerido o material. É como se, a cada minuto, a carga de um caminhão de lixo cheio de plástico fosse despejada no mar.

Para mudar esse cenário e conscientizar os milhares de visitantes que passam por seu circuito diariamente, o Aquário Marinho do Rio aderiu à campanha “Seu Lixo Meu — O Mar Clama por Ajuda” —, uma iniciativa da engenheira ambiental Marianna Menato e dos fotógrafos Alexandre Socci e Rodrigo Thomé, que traz para o público fotos, cenografias e outros tipos de intervenções que prometem impactar e conscientizar sobre a situação de calamidade em que se encontram os oceanos, provocada pelo descarte incorreto de lixo.

O lançamento da ação acontece nesta terça-feira (2) de março, às 11h, e terá a presença da atleta recordista de mergulho em apneia, Carol Schrappe, que fará uma performance de sereísmo. As peças da campanha impactam o público por colocar sereias em situação de vulnerabilidade, presas a redes de pesca ou mortas pela ingestão de lixo plástico descartado incorretamente nos oceanos. Outros personagens e cenografias também entram em exposição temporária até 11 de março.

“Desde que inauguramos, lançamos e apoiamos campanhas relacionadas à conservação dos oceanos. As intervenções de #SeuLixoMeu têm um apelo muito legal junto ao público infantil, que, como sabemos, é um público importante para sensibilizar e replicar opiniões”, destaca Marcelo Szpilman, diretor-presidente do AquaRio.

Exposição

Praça Muhammad Ali, Gamboa. Estação Utopia/AquaRio do VLT

Horário de funcionamento: diariamente, das 10h às 18h (entrada no circuito de visitação às 17h)

Ingressos a partir de R$ 50. Mais informações aqui.

Fotos: Alexandre Socci – Extreme Photography & Rodrigo Thome