66 dias. Esse é o tempo que você precisa para se adaptar a qualquer nova rotina que deseja para sua vida. Quem diz isso é a ciência, mais precisamente um estudo sobre o hábito conduzido por profissionais da University College de Londres, Inglaterra. Isso significa que aquelas promessas de início de ano ainda estão em tempo de serem colocadas em prática.

Os pesquisadores explicam que o hábito é formado pela repetição de uma situação versus uma ação até que determinado comportamento seja executado automaticamente. Ou seja, se seu desejo é juntar dinheiro para viajar no próximo feriado, você deve se lembrar do seu objetivo sempre que tiver o impulso de comprar alguma coisa que não necessita. Se fizer este exercício mental de maneira consistente por algum tempo, chegará o momento em que não precisará pensar mais nele, você já o fará de forma natural.

Se você colocar a razão acima do impulso, tudo ficará mais fácil.

Estabelecer novos padrões nunca é fácil, mesmo quando se tem a motivação. Por isso é necessário evitar situações que sejam propícias para repetir o comportamento que quer mudar. Por exemplo, para que ir passear justamente no shopping e ficar exposto à tantas tentações? Por que não separar uma parte do salário já no início do mês para investir se você sabe que não irá poupar quando ela estiver na conta corrente? Se você colocar a razão acima do impulso, tudo ficará mais fácil.

Criando um novo hábito

Agora, tenha em mente que 66 dias não é um número mágico. Esse foi o tempo médio levado pelos voluntários do estudo. O importante é entender que depende de você e nada mudará se não sair já da sua zona de conforto.

“Pode levar muito mais tempo do que muitas pessoas pensam e é importante perseverar. Se alguém quer criar um hábito, deve especificar claramente o que deseja e tentar fazer isso de forma consistente. Com o tempo, [o novo comportamento] acontecerá com mais facilidade e exigirá menos esforço”, afirma Phillippa Lally, uma das autoras do estudo.

Consumir conscientemente também é cuidar melhor do seu dinheiro. Para ajudar a entender essa ideia, experimente investir. O dinheiro que você deixa de gastar com uma futilidade hoje pode ser o recurso para uma viagem ou outra realização pessoal mais importante. Você pode experimentar com a corretora Easynvest, que possui uma plataforma totalmente digital onde auxilia quem busca investir seu dinheiro de maneira fácil e com segurança. Além disso, oferece um canal no Youtube com diversas dicas de educação financeira, para você gastar menos e conseguir render mais o seu dinheiro. É possível aproveitar a tecnologia a seu favor na busca por hábitos de consumo mais conscientes.

Veja também: Priorizar o que realmente importa pode melhorar sua vida