A capital da Inglaterra quer se livrar da emissão dos poluentes. Depois de anunciar que vai zerar as emissões de transporte até 2050, Londres afirma que fará mais uma estrada especialmente para bikes. A medida vai contribuir com o aumento do ciclismo, que já subiu 70% desde a construção da primeira via exclusiva.

A via ligará Tower Bridge a Greenwich. A rota foi identificada como uma prioridade devido à alta demanda da área para o ciclismo -, com quase 3.500 viagens realizadas diariamente. Durante a construção, os pedestres serão beneficiados com cinco novos cruzamentos e outras vinte faixas serão revistadas e, se necessário, melhoradas.

“Estou encantado de poder anunciar planos para trazer mais de quatro quilômetros de pistas segregadas para o sudeste de Londres. Precisamos de mais londrinos andando de bicicleta e caminhando pelo bem da saúde e da nossa qualidade do ar, e é por isso que estamos trabalhando para fazer o ciclismo mais seguro e mais fácil em toda a capital. Ao trazer esta rota para uma área com alta demanda, a estrada realmente abrirá ciclismo para milhares de pessoas”, afirmou entusiasmado o prefeito Sadiq Kahn.

A gestão já havia anunciado um plano para incentivar o uso de transporte público, bicicletas e a caminhada como alternativas de deslocamento. As medidas integram o documento “Estratégia de Transporte”, saiba mais aqui.

Redação CicloVivo

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.