O maior corredor com postos de carregamento para carros elétricos da América Latina entra em funcionamento na próxima segunda-feira (23), na Rodovia Presidente Dutra. A iniciativa é da EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico, e do BMW Group Brasil, e conta com o apoio da rede de postos Ipiranga. As estações de recarga vão permitir, pela primeira vez, realizar uma viagem completa em um veículo elétrico entre as capitais de São Paulo e Rio de Janeiro, as duas cidades mais populosas do Brasil. A rota vai beneficiar também os proprietários de veículos híbridos que optarem por rodar apenas no modo elétrico.

O projeto recebeu cerca de R$ 1 milhão em investimentos totais para a instalação de seis equipamentos de carregamento rápido localizados em postos de combustível Ipiranga, espalhados em um trecho de aproximadamente 430 quilômetros entre as duas capitais.

Com o objetivo de assegurar total autonomia aos veículos eletrificados, as estações de recarga rápida foram posicionadas a uma distância máxima de 122 quilômetros entre si. O tempo estimado para o abastecimento de um veículo com bateria de 22kWh é de 25 minutos para 80% da carga. O abastecimento poderá ser feito por até dois veículos ao mesmo tempo em cada estação. Para carregar, basta conectar o automóvel ou motocicleta, seja elétrico ou híbrido, e iniciar as operações no painel do carregador.

Foto: Divulgação/BMW Group

Os carregadores estão localizados nos seguintes postos:

São Jorge Do Parateí A P E Serv LTDA, Rod Pres Dutra S/N Km 179, Guararema (SP)

Auto Posto Gap São José LTDA, Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 9500, São José dos Campos (SP)

Posto Clube Dos 500 LTDA, Rod. Presidente Dutra, Km 60, S/N, Guaratinguetá (SP)

Posto Estrela Da Dutra LTDA, Rod. Pres. Dutra, Km 06, S/N, Queluz (SP)

Comercial H Karl Allers LTDA (Mamão), Rod. Presidente Dutra, Km 74, S/N, Piraí (RJ)

P Abast Allers LTDA (Nacional), Rod. Pres. Dutra, Km 237, Piraí (RJ)

Foto: Divulgação/BMW Group

Comparação de custo

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou recentemente uma regulação específica para o segmento, que prevê a possibilidade de livre negociação de preços de recarga. No caso deste corredor, o uso será gratuito nos primeiros meses de funcionamento. Custos e procedimentos ainda serão decididos entre as empresas participantes e aplicados somente a partir de 2019.

Como referência, na comparação com um automóvel abastecido com gasolina e consumo aproximado de 10 quilômetros por litro, em média, o custo de reabastecimento dos carros elétricos corresponde a aproximadamente um quinto do valor gasto com combustível para percorrer o mesmo trajeto.