Apaixonado por bicicleta, o artista Kevin Cyr transformou um antigo triciclo em sua residência itinerante. O trailer adaptado, livre de emissões de carbono, conta com um dormitório, uma despensa e até uma cozinha, onde foi instalado um fogão elétrico. Batizado de Camper Bike, o veículo é conduzido pelo próprio inventor – que diz não precisar fazer muito esforço para levar sua casa nas pedaladas.

Fotos: Divulgação

O veículo foi adaptado pelo próprio artista em 2008, e a moradia de Cyr é um trailer que tem metade das dimensões de um convencional. De acordo com o site InHabitat, além de aumentar a sensação de liberdade do artista, que faz sua morada cada vez num lugar diferente, a Camper Bike também se tornou referência em arte, participando de uma exposição nos EUA já no ano de sua criação.

Imagens: Divulgação

Antes de colocar o trailer adaptado na estrada, o artista elaborou um complexo projeto a fim de demonstrar os potenciais do novo veículo. Por meio dos desenhos, Cyr foi aprimorando o design da Camper Bike, e, depois, saiu em viagens não só pelos EUA, mas também do outro lado do mundo – segundo informou Cyr, as viagens não são cansativas, embora ele carregue, literalmente, nas costas, a casa em que vive.

Foto: Divulgação

Além do triciclo e do antigo trailer adaptado, Cyr realiza intervenções em diversos veículos abandonados: o seu portfólio inclui grafites em vários carros de serviços, como vãs de fretamento, caminhões de bebidas e alimentos, trailers antigos e até mesmo motocicletas e outras bikes (como na foto). O CicloVivo já listou as coisas mais incomuns que podem ser feitas numa bicicleta: é possível preparar churrasco, fazer drinks e até tocar piano.

Por Gabriel Felix – Redação CicloVivo

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.