Cansados do alto índice de uso de canudos descartáveis, dois norte-americanos resolveram revolucionar a indústria de bebidas. Para isso desenvolveram o FinalStraw, um canudo reutilizável de aço inox que é dobrável, fácil de limpar e ainda funciona como um chaveiro.

Diferente dos outros canudos reutilizáveis de aço inox disponíveis no mercado, o FinalStraw tem um design patenteado criado para ser ainda mais prático de ser transportado. O canudo de 23cm é dobrável e vem numa caixa de plástico reciclável que funciona como um chaveiro. Isso permite que ele seja acoplado à chave do carro, mochila ou outros objetos fáceis de carregar. “Nossa missão é eliminar o plástico de uso único, então nossas caixas levam isso em consideração”, afirma Miles Pepper, co-fundador visionário do projeto.

As pontas do FinalStraw são feitas de borracha macia, o que o torna mais seguro de ser manuseado por crianças, se comparado aos demais canudos. Ao ser retirado da caixa, as partes dobráveis se encaixam automaticamente, apresentando o design do canudo, que pode ser usado tanto para bebidas quentes quanto frias.

A higienização do apetrecho também é fácil, já que ele vem acompanhado de um limpador portátil também feito de aço inoxidável e silicone que garante praticidade na hora de lavar o canudo.

Foto: FinalStraw / Divulgação

Inspiração para o FinalStraw

De acordo com o New York Times, 500 milhões de canudos são utilizados todos os dias nos Estados Unidos. O dado é alarmante, considerando que estes canudos não são reutilizáveis e podem demorar até 400 anos para se decompor na natureza. “Eu decidi começar a trabalhar neste produto não só como um canudo, mas também como um movimento para conscientizar restaurantes, bares e cafés do desperdício que eles estão criando”, explica Emma Cohen, co-fundadora do FinalStraw.

O protótipo do canudo já está sendo comercializado no Kickstarter e de acordo com o cronograma, todos os canudos comprados serão despachados até novembro de 2018 para todo o mundo.

Veja também: 7 alternativas para evitar o uso do canudinho plástico

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.