Em Jerusalém, o estudante Dror Peleg, da Academia de Arte e Design Bezalel, resolveu criar uma bicicleta sustentável. Como um bom designer, ele valoriza a estética. Porém, neste caso, a importância da criação está, principalmente, em duas características: resistência e baixo custo de produção.

A invenção foi batizada de “Frii”. A estética é tão diferente e colorida que mais parece um brinquedo, mas ainda que seja de plástico ela foi, realmente, planejada para os adultos.

Com exceção dos pneus, a bike é totalmente feita de plástico reciclado, o que a torna mais barata e sua tecnologia pode ser adaptada às necessidades das indústrias locais.

O criador usa a tecnologia de material injetável para dar forma à bicicleta. Uma armação de plástico é colocada em um molde e depois preenchida com o material reciclado. As rodas têm 20 polegadas e garfo curto, o que torna a bike mais resistente. O selim é moldável ao peso do ciclista.

Na bicicleta Frii não há sistema de freios, por isso os pedais foram construídos para também ter esta função. O sentido do giro é essencial nesta bike. Quando os pedais são girados ao contrário, ou seja, para trás, eles desempenham a funcionalidade de um freio.

A produção de bicicleta sustentável e de baixo custo ainda não está no mercado, entretanto, de acordo com a revista Galileu, o projeto não é apenas um conceito, as bicicletas estão prontas para serem produzidas.

Redação CicloVivo

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.