A dupla de designers australianas Sarah K e Liane Rossler desenvolveu uma maneira de transformar os sacos plásticos em vasos de plantas. A ideia foi inspirada no conceito de Upcycling, que incentiva a transformação de materiais que perderam sua utilidade original.

Os vasos criados pelas australianas são reflexos do amor que ambas nutrem pela natureza e também pela consciência de que o plástico pode ser útil, ao invés de acabar em aterros sanitários, poluindo o solo e os recursos hídricos por centenas de anos.

O processo de criação é simples e, segundo elas, é possível ser replicado com facilidade, desde que alguns padrões de segurança sejam seguidos. Os vasos podem ser feito em qualquer formato, para isso, basta ter o molde adequado.

Sarah e Liane explicam, no site Supercyclers, que a linha Plastic Fantastic, lançada por elas e feita a partir do reaproveitamento das sacolas plásticas, foi lançada em Milão, no último mês de abril. Por isso, os vasos têm as cores da bandeira italiana, que serviu como inspiração para o desenvolvimento das criações.

Para fazer os vasos as designers utilizam apenas: tesoura, luvas, óculos e máscaras de proteção, sacolas plásticas e uma pistola de ar quente. A dupla diz que o processo é bem simples e basta cortar as sacolas plásticas, envolvê-las no molde e então derreter o plástico com o ar quente. Quando o material esfria o vaso está pronto.

Um fator importante, salientado pelas designers, é que, por ser de plástico, o vaso é à prova d’água, portanto, não estragará com facilidade e abrigará as plantas por muito tempo.

Redação CicloVivo

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter 

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.