Um grupo formado por estudantes de design da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro apostou na madeira descartada como matéria-prima para a fabricação de óculos de luxo. O material é coletado pelas ruas do Rio e ganha uma nova utilidade.

Apelidados de Zerezes, os óculos mesclam uma alternativa ecologicamente correta para a fabricação de novos produtoscom um olhar diferenciado sobre a capital fluminense e os itens que, por vezes, acabam de tornando parte da cidade.

Em entrevista concedida ao jornal O Globo, os jovens designers explicam que o projeto modificou a forma como veem o Rio de Janeiro. Hoje, eles sempre estão atentos às caçambas espalhadas por diferentes bairros à procura de boa madeira.

Mesmo sendo itens que seriam descartados, os pedaços de madeira coletados do lixo se tornam artigos caros. Para que isso fosse possível, eles contaram com o apoio da empresa Matéria Brasil, que possibilitou um aumento expressivo na produção. Assim, os pedaços de madeira passam por uma série de maquinários, até se tornarem placas cortadas e coladas na forma dos óculos.

O lixo reserva excelentes matérias-primas. É comum o grupo encontrar sucupira, ipê, pinho de riga, jacarandá, peroba, entre outras espécies de madeira. Para promover ainda mais a sustentabilidade, os designers criaram um “selo de origem”. Assim sendo, os óculos feitos com a madeira do lixo, sempre têm em suas hastes o nome da rua em que o material foi encontrado.

Atualmente a empresa comercializa sua linha de óculos em lojas de marcas que carregam o mesmo conceito de inovação e moda, entre elas estão: Farm, Coletor, Novo Desenho, Addict, entre outras. A coleção também está disponível através da página da Zerezes no Facebook. O preço médio dos óculos completos é de R$ 395.

Veja o vídeo abaixo e entenda  como os óculos são fabricados.
 

Redação CicloVivo

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.