Agregando sustentabilidade às suas ideias, o artista e designer Julio Garcia concluiu a construção da sua própria casa, instalada em dois contêineres reaproveitados na cidade de Savannah, no estado norte-americano da Geórgia. Situada em meio a uma ampla área verde, a residência sustentável abriga quatro cômodos e seus impactos são reduzidos por meio da ventilação natural e da eficiência energética.

Faz pouco tempo que a casa do artista ficou pronta, ocupando o espaço de 75 metros quadrados dentro de dois contêineres de navios. A residência de Garcia possui cozinha, sala, um dormitório e um banheiro – além de um deck externo que dá acesso à parte de fora da casa, rodeada por diversas plantas e árvores nativas.

Obedecendo aos critérios de sustentabilidade nas construções, o artista aproveita ao máximo a iluminação e a ventilação natural em sua casa. De acordo com o site InHabitat, os dois contêineres que formam a residência são separados, e possuem uma janela na parte superior, que garante ventilação natural e iluminação eficiente para a sala e na cozinha. Todos os cômodos são pintados de branco, aumentando o aproveitamento da luz natural.

Algumas estruturas da casa foram montadas em concreto reutilizável e sustentadas em viga de aço, enquanto o chão de todos os ambientes é revestido com madeira ecológica. A cozinha se estende pela lateral dos contêineres e o banheiro foi construído ao lado do quarto. Mesmo com as adaptações necessárias, os dois contêineres ainda teriam espaço suficiente para abrigar mais um dormitório.

Redação CicloVivo